Brasil é o segundo país mais complexo do mundo para se fazer negócios | Jornal em Destaque

Brasil é o segundo país mais complexo do mundo para se fazer negócios

Índice Global de Complexidade Corporativa da TMF Group considera apenas a Indonésia mais complexa que o Brasil em termos de impostos, regras e regulamentos e questões trabalhistas





Brasil é o segundo país mais complexo do mundo para se fazer negócios

25/06/2020 12:14 | São Paulo | Economia |

Helio de Carvalho

De acordo com uma pesquisa feita pela TMF Group, especialista em serviços de contabilidade, folha de pagamento e internacionalização de empresas, o Brasil é o segundo país mais complexo do mundo para se fazer negócios, ficando atrás apenas da Indonésia. O estudo, feito em 77 países, analisa fatores como pagamento de impostos e contabilidade, dificuldade para contratar, demitir e gerenciar folha de pagamento e questões relacionadas a regulações e penalidades. 


O Índice Global de Complexidade Corporativa revela que, apesar dos progressos realizados nos últimos anos em que foram implementados impostos digitais e mais simplificados (como o eSocial, por exemplo), o Brasil ainda é um ambiente de negócios muito complexo, com dezenas de regimes fiscais diferentes, distribuídos em três instâncias governamentais: federal, estadual e municipal.


O Brasil conseguiu evoluir numa agenda que melhora o ambiente de negócios. Mas, o país ainda apresenta uma série de desafios para quem vem investir e empreender por aqui. Países como a Grécia, que caiu, no último ano, da primeira para a quinta posição no ranking, estão fazendo mudanças de modo mais enfático e colhendo os frutos deste esforço”, disse Rodrigo Zambon, Diretor Geral da TMF Brasil. 


No entanto, o executivo acredita que, apesar das complexidades brasileiras, haverá uma onda de aquisições de empresas brasileiras a partir do segundo semestre deste ano. “Com a desvalorização do real, houve um aumento na procura por ativos no Brasil por parte de fundos soberanos e empresas de private equity. Percebemos esta tendência de maneira bastante intensa em nossos contatos com estas entidades estrangeiras”, acrescentou Zambon. 


Segundo o relatório, os entrevistados acreditam que os procedimentos de RH no Brasil, como a contratação, demissão e gerenciamento da folha de pagamento - um dos principais desafios do país - se tornarão menos complexos nos próximos cinco anos. Quando se trata de regras, regulamentos e penalidades, outro importante obstáculo para as empresas que operam no Brasil, os entrevistados são menos otimistas. Eles acreditam que essa realidade não mudará nos próximos cinco anos.


No ranking dos países mais complexos do mundo, o Brasil é sucedido, respectivamente, pela Argentina, a Bolívia e a Grécia. Segunda maior economia do mundo, a China aparece mal colocada no ranking da TMF Group. O gigante asiático é o sexto país mais complexo do mundo para se fazer negócios. Mas a América Latina aparece como a região mais complexa do mundo. Dos dez países mais complexos do mundo, seis são latino-americanos. 


Os Estados Unidos, em guerra comercial e diplomática com a China, aparecem melhor do que seu rival econômico no quesito complexidade. A economia norte-americana é, de acordo com o estudo, a segunda menos complexa do mundo, perdendo apenas para Curaçao, país pertencente ao Reino dos Países Baixos, situado no sul do Mar do Caribe. Outros países que integram a lista dos menos complexos estão a Dinamarca, a Holanda, a Irlanda, a Jamaica, as Ilhas Virgens Britânicas e as Ilhas Cayman. 

 

Sobre a TMF Group: 


A TMF Group é a provedora líder de serviços de suporte administrativo para a expansão internacional de negócios. Com cerca de 7.800 especialistas – presentes localmente em mais de 80 locais -, é a única empresa em todo o mundo a fornecer a combinação de serviços fiduciários, de secretariado corporativo, contabilidade, impostos e folha de pagamento, essenciais para o sucesso dos negócios que investem, operam se expandem em várias jurisdições. Sabemos como desbloquear o acesso a alguns dos mercados mais atraentes do mundo, por mais complexo que sejam, com rapidez, segurança e eficiência. É por isso que mais de 60% das empresas Fortune Global 500 e FTSE 100 e quase metade das 300 principais empresas de private equity nos usam. www.tmf-group.com 









PALAVRA DO ASSINANTE SOBRE Brasil é o segundo país mais complexo do mundo para se fazer negócios

Exibindo 0 Comentários


Quer comentar a matéria?






Anuncie      
Contador      
ACR      
-
 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados