Nem canteiro nem rosas nem segurança | Jornal em Destaque

Nem canteiro nem rosas nem segurança

Canteiro que dividia pistas trazia beleza ao centro da cidade e segurança aos pedestres





Nem canteiro nem rosas nem segurança

31/08/2020 19:13 ( Atualizado em 31/08/2020 19:29) | Miguel Pereira | Cidade |

Helio de Carvalho

Quem se recorda das rosas que floriam o centro da cidade de Miguel Pereira plantadas em um longo canteiro que dividia as pistas ante aos pontos de ônibus em frente ao Supermercado Bramil? Há tempos o prefeito André Português mandou derrubar e substituir por nada. Sim, não há mais canteiro nem rosas nem segurança, pois o canteiro foi propositadamente projetado para obrigar os pedestres a utilizarem a faixa – o que significava mais segurança às pessoas que por ali transitam.


Canteiros dividiam a pista e traziam beleza ao centro (Foto Google) Canteiros dividiam a pista e traziam beleza ao centro (Foto Google)

O que passa na cabeça de um governante que gasta dinheiro para destruir algo que embeleza a cidade, ninguém sabe. Fato é que o local está tão feio e vazio quanto os outdoors pagos com o dinheiro público, que o prefeito espalhou pela cidade para promover suas promessas, não realizações, já que o que determina o parágrafo primeiro do art. 37 da Magna Carta é que “A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social...”, e não para divulgar “aqui será construído...”.


Sem canteiro, local ficou devassado (Foto Jornal ED) Sem canteiro, local ficou devassado (Foto Jornal ED)

Outdoors em branco, centro devassado e a descaracterização da cidade parece ser uma constante do governo municipal; e assim, aos poucos, Miguel Pereira vai perdendo seu charme de cidade serrana. 





Nem canteiro nem rosas nem segurança Canteiro também obrigava pedestres a atravessarem na faixa de segurança (Foto Google) Canteiro também obrigava pedestres a atravessarem na faixa de segurança (Foto Google)

Nem canteiro nem rosas nem segurança Descaracterização do centro da cidade (Foto: Jornal ED) Descaracterização do centro da cidade (Foto: Jornal ED)

Nem canteiro nem rosas nem segurança Cadê a propaganda do parque dos dinossauros que estava aqui? Dinheiro público desperdiçado com publicidade irregular? Cadê a propaganda do parque dos dinossauros que estava aqui? Dinheiro público desperdiçado com publicidade irregular?




PALAVRA DO ASSINANTE SOBRE Nem canteiro nem rosas nem segurança

Exibindo 0 Comentários


Quer comentar a matéria?






Tenis      
Contador      
ACR      
-
 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados