Como cuidar do corpo durante o Carnaval? Beber água e ficar atento aos lanches são algumas das dicas | Jornal em Destaque

Como cuidar do corpo durante o Carnaval? Beber água e ficar atento aos lanches são algumas das dicas

.





Como cuidar do corpo durante o Carnaval? Beber água e ficar atento aos lanches são algumas das dicas

11/02/2020 19:34 | Região Sul | SAÚDE | - Helio de Carvalho

Curitiba – Durante o Carnaval, a maioria de nós sai para festejar, aproveitar a música e se divertir. É uma época do ano que celebra a felicidade e a beleza, mas sempre devemos nos lembrar de nos cuidar e não vacilar para não perder a festa.

 

A alimentação é uma parte crucial desse cuidado, pois é o combustível do seu corpo, se ele não estiver funcionando corretamente, não há como curtir as festas”, conta Kelvin Taporosky, nutricionista.

 

Quem aproveita o Carnaval costuma dormir pouco, ficar entre muita gente, suar muito e comer besteiras; e isto envolve gastar muita energia. Mas, o que fazer para recuperá-la? A resposta do nutricionista é simples: beber muita água.

 

O grande consumo de álcool nessa época, além de ser prejudicial ao cérebro, favorece a diurese. Através da inibição da vasopressina, ele evita que os rins reabsorvam a água do corpo. Por isto, após consumir álcool, vamos ao banheiro constantemente – água não para em nosso organismo e não é aproveitada.

 

Este fator, além de atividades como dançar, pular, ficar muito tempo em movimento, contribui para a desidratação. “Não é preciso deixar o álcool de lado, mas, paralelamente, beber água também. Como sabemos que o pessoal extrapola, este cuidado vai amenizar possíveis danos”, aconselha Kelvin.



Kelvin Taporosky é Nutricionista, especialista em Bioquímica e Fisiologia da Nutrição (Foto divulgação) Kelvin Taporosky é Nutricionista, especialista em Bioquímica e Fisiologia da Nutrição (Foto divulgação)

A dor no corpo, dor de cabeça e mal estar, mais conhecidos como ressaca, são alguns dos sintomas da desidratação, que acontecem fortemente no Carnaval, assim como a intoxicação alimentar. “Quando saímos de casa para o Carnaval e acabamos ficando com fome, é comum comer lanches, que são comidas mais fáceis e rápidas, porém não conhecemos a procedência dos ingredientes ou se foram bem preparados e armazenados. No momento de euforia, acabamos não percebendo e, mais pra frente, vai ser preciso lidar com a intoxicação alimentar”, explica.

É preciso ficar atento ao que você consome e quanto consome para evitar problemas e não vacilar nas festas. Lembre-se de comer bem e beber água para ter um bom feriado.

 

Kelvin Taporosky
Nutricionista CRN-8 12.134, especialista em Bioquímica e Fisiologia da Nutrição
(41) 99977-2221
kelvintaporosky@gmail.com















Anuncie       ClassiDestaque       ACR      
-
 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados