Você já ouviu falar em Barbeoterapia? | Jornal em Destaque


Ouça a Noticia!

Você já ouviu falar em Barbeoterapia?

Barbeiro do Terceiro Distrito conquista a confiança de moradores com bom trabalho e ótima conversa





Você já ouviu falar em Barbeoterapia? *

26/01/2020 13:48 ( Atualizado em 26/01/2020 13:54) | Miguel Pereira | COLUNISTAS | - Thais Carvalho

A barbeoterapia consiste em uma técnica onde barbeiros treinados conseguem introduzir métodos terapêuticos através da conversa com seus clientes.  O tratamento oferece um bom papo, sem ser invasivo, ajudando na prevenção da depressão e do suicídio entre homens. Este método surgiu há, aproximadamente, três anos, no Reino Unido, com o barbeiro Tom Chapman, fundador do Lions Barber Collective. A técnica, que começou a ser aplicada, passou a ser motivo de prêmios e fez com que Tom se tornasse o primeiro barbeoterapeuta do país, onde ele pretende trazer cursos específicos desta técnica para o Brasil, ainda este ano.


A técnica tão famosa lá fora já é praticada há 26 anos no Terceiro Distrito, pelo morador Francisco de Paula, barbeiro e pastor evangélico que vive no bairro de Mangueiras. Chiquinho, como é conhecido popularmente na região, começou a cortar o cabelo dos sobrinhos e de alguns moradores locais, apenas para praticar, e quando viu que estava levando jeito na execução de seu trabalho, passou a cobrar um valor simbólico. Hoje, ele vive do seu próprio negócio.


Jovens da região são os clientes mais vaidosos e marcam presença constante na barbearia (Foto: acervo pessoal) Jovens da região são os clientes mais vaidosos e marcam presença constante na barbearia (Foto: acervo pessoal)

O trabalho bem feito e a boa conversa trouxeram ao bairro a Barbearia Shekenah, que funciona no quintal da casa de uma das moradoras que, em vida, marcou o Terceiro Distrito: Dona Maria Eulália – a famosa Dona Mariquinha, mãe de Chiquinho.


A barbearia, que há 26 anos está na direção de Chiquinho, é a mais procurada pelos moradores, tendo uma agenda de clientes na maioria das vezes lotada. Com uma boa planilha de organização, o profissional consegue tempo para atender à demanda e executar sua missão.


Simplicidade e uma boa conversa são a garantia da volta dos clientes de Chiquinho, que estão convencidos de que cortar o cabelo, fazer a barba e conversar com ele seja, mesmo, uma terapia.


Eu fui apenas cortar o cabelo e estava voltando para casa, mas o assunto foi tão bom que, no meio do caminho, voltei para que ele fizesse o pé do cabelo. Conversar com ele me faz bem”, alegou o morador Paulo Bastos.


Para o especialista Chappam, os barbeiros têm um espaço muito privilegiado na comunidade. Ele diz que quando um homem se senta à cadeira de uma barbearia, ele se abre rapidamente e conta muita coisa. 


A relação de confiança entre o cliente e o babeiro é crucial para a terapia e é adquirida com o tempo de sessão em sessão.


Aqui, as coisas acontecem naturalmente; já corto cabelo dos mesmos clientes há um tempo e no curso aprendi a não ser invasivo, pois, nós babeiros, acabamos fazendo o papel de terapeuta. Isto ajuda muito algumas pessoas que acabam voltando pelo corte e pela conversa”, conta Francisco sobre seu trabalho.


O profissional espera que todo carinho e fidelidade dos clientes sejam retribuídos de forma natural, pois ele não esperava que de uma simples barbearia pudesse ter um atendimento que, além de qualidade, oferecesse aos clientes uma boa terapia.


Além da boa conversa como terapia, os procedimentos estéticos também trabalham na autoestima masculina e fazem parte do conceito de barbeoterapia.  Um dos procedimentos que vem crescendo dentro do mercado é o tradicional barbear comum, aliado às técnicas de relaxamento, incluindo no o velho barbear, com toalha quente, navalha e creme, com incrementos para cuidar, hidratar a pele, evitar irritações e ainda relaxar o cliente. O tratamento inclui a utilização de vários produtos; tudo isto o deixando relaxado e com a pele mais preparada para o barbear.


Chiquinho barbeiro recebendo o certificado de profissional na área da barbearia (Foto divulgação) Chiquinho barbeiro recebendo o certificado de profissional na área da barbearia (Foto divulgação)

O crescimento desta nova geração de barbearias vem agradando, a cada dia, a população. Uma pesquisa realizada pela empresa Euromonitor Internacional apontou o crescimento de 7,1% do mercado de beleza masculina, em 2017. A previsão é que este número cresça ou se mantenha em 2020, colocando o Brasil no topo do mercado.


A barbearia Shekenah está localizada à Rua José Castro Paiva, 128. Mangueiras, Miguel Pereira/RJ.  

Funciona de terça-feira a sábado das 08h às 18h. Contato: (24) 9.8132-9994.














Anuncie       ACR       ClassiDestaque      
-
 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados